Compreendendo a Mensagem do Evangelho de Jesus Cristo – Queda e Redenção

Para uma compreensão plena do Evangelho de Jesus Cristo, nós precisamos entender diversos aspectos que são revelados na Bíblia, tanto sobre o homem quanto sobre Deus. Infelizmente, em muitas igrejas, o “Evangelho” que tem sido pregado foi reduzido a uma mensagem de autoajuda, levando ao ouvinte da mensagem a se sentir bem e preparado para enfrentar os desafios dessa vida, destacando quase sempre a prosperidade financeira, uma saúde invejável, resolver todos os problemas familiares… Enfim, reduzindo a obra e a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo a problemas do dia-a-dia das pessoas.

Não há como não citar o Apóstolo Paulo que em 1 Coríntios 15:19 nos ensina que “Se Esperamos em Cristo somente nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.”

Não que Jesus não possa atuar em todas as áreas das nossas vidas, claro que Ele pode! Ele é Todo-Poderoso para fazer o que Ele desejar. A Bíblia também nos ensina isso, que se Ele agir, quem impedirá? O problema está nas nossas expectativas quanto a Deus, a forma como temos nos aproximado Dele, podemos mentir para todos, até para nós mesmos, mas Deus sabe se o motivo que você tem buscado a Ele é para realmente conhecer a quem Ele é e entender a sua mensagem ou simplesmente você está interessado no que Ele pode fazer na sua vida aqui e agora.

A situação da humanidade sem Deus: morta em pecados e delitos

Qual a situação da humanidade sem Deus? Esse é um ponto que precisa ser compreendido para que possamos entender plenamente a necessidade do Evangelho de Jesus Cristo. Paulo nos diz que o Evangelho de Jesus Cristo é o poder de Deus para salvar todo aquele que crer. Mas salvar de que? Do que o homem precisa ser salvo?

Como o mundo entende o problema do ser-humano

Todas as sociedades reconhecem que existem problemas sérios no ser humano, o homem rouba, mata, traí, fala mentiras, se corrompe…. Isso acontece no mundo todo, em todos os lugares. Os estudiosos do comportamento do homem vão buscar soluções para “controlar” o ser humano, algumas sociedades criam leis mais rigorosas como os Norte-americanos, outras dizem que o problema é de ordem social, assim quando alguém comete algo errado é por causa do ambiente em que ele vive, e assim tentam justificar os atos errados. Por exemplo, recentemente aconteceu um estupro terrível e apontaram como causa disso uma cultura de estupro. Mas não é isso que a Bíblia ensina!

De forma geral, a maioria das pessoas pensam que o problema do mundo é a falta de educação, que temos que investir na educação para que possamos construir um mundo melhor. Mas será que esse é o verdadeiro problema? Você sabia que o Kim Jon Um, o atual líder norte coreano estudou na suíça? E que o ditador Bashar al-Assad, presidente da Síria que está afundada em uma situação extremamente crítica, é formado em medicina e tem pós-graduação em Londres? Poderia citar centenas de “mentes educadas” que estão por trás das maiores barbaridades do mundo. Veja a situação do Brasil… Quantos empresários e políticos que tem um alto nível educacional e estão envolvidos numa corrupção sem igual.

Então, definitivamente o problema do ser humano não é a educação!

Compreendendo o verdadeiro problema de toda humanidade

A Bíblia é muito clara quanto ao verdadeiro problema de todo homem e de toda mulher, vejamos:

“Que concluiremos então? Estamos em posição de vantagem? Não! Já demonstramos que tanto judeus quanto gentios estão debaixo do pecado.
Como está escrito: “Não há nenhum justo, nem um sequer;
não há ninguém que entenda, ninguém que busque a Deus.
Todos se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer”.
“Suas gargantas são um túmulo aberto; com suas línguas enganam”. “Veneno de serpentes está em seus lábios”.
“Suas bocas estão cheias de maldição e amargura”.
“Seus pés são ágeis para derramar sangue;
ruína e desgraça marcam os seus caminhos,
e não conhecem o caminho da paz”.
“Aos seus olhos é inútil temer a Deus”.
Romanos 3:9-18

Poderia citar diversos versículos que mostram que o problema de toda humanidade está no pecado, na natureza pecaminosa do homem, que todos nós temos, nascemos com ela desde a queda de Adão, passamos a ser escravos do pecado. Davi diz no Salmo 51 que somos nascidos na iniquidade e concebidos em pecado. Paulo diz que estamos mortos em pecados e delitos. Moisés diz em Gênesis 6.5 que Deus viu que o todo o designío do coração do homem era continuamente mal.

Por mais que o mundo busque encontrar diversas justificativas para o comportamento mal do ser humano, a Bíblia é muito clara: O problema está na extrema pecaminosidade humana. O pecado de fato escravizou o homem. Esse é o verdadeiro problema que nos afeta, afeta de tal maneira que nos separa de Deus, pois a morte na Bíblia é separação. Estar morto em pecados e delitos e estar separado de Deus, e nada pode ser pior do que isso.

Não se deixe enganar, o homem não é bom, o homem não precisa só de uns ajustes… isso é um engano do Diabo para que não compreendamos a verdade do Evangelho de Jesus Cristo. O primeiro passo para entender o Evangelho de Jesus Cristo é entender quem é você sem Deus. Você sem Deus está morto!

A posição de Deus diante do pecado

Já temos total compreensão da posição do homem. Somos, sem Deus, como aquele vale de ossos sequíssimos de Ezequiel 37, sem vida por estarmos separados de Deus. Agora, precisamos entender o que a Bíblia nos ensina sobre a posição de Deus diante do pecado, precisamos entender isso para compreender a profundidade e maravilha do poder do Evangelho de Jesus Cristo.

A Bíblia diz que Deus é Santo, Santo, Santo, diz que Ele é justo, diz que Ele é o Juiz de toda Terra, diz que Ele é tão puro de olhos que não pode ver o mal. A Bíblia também diz que Deus se indigna e se ira conta o pecado. Romanos 1.18 diz que a ira de Deus se revela contra toda impiedade.  A maioria de nós sabe que Deus odeia o pecado, mas o pecado não existe sem o pecador. Não é verdade?

Veja que diz no Salmo 5: 4-6 “Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar.
Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal.
Destróis os mentirosos; os assassinos e os traiçoeiros o Senhor detesta.
Salmos 5:4-6

Sim, a Bíblia mostra que o homem pecador está debaixo da ira de Deus. Aqui também poderia citar diversos versículos que nos ensinam que a ira de Deus estão não somente contra o pecado, mas também contra o pecador.

Você pode estar pensando: ah… Você está exagerando… A Bíblia fala que Deus é amor e misericordioso… não acredito que Deus se ire contra o pecador. Posso te dizer com toda certeza do meu coração, se nós isolamos um dos atributos de Deus, estamos criando um ídolo!

Deus possui todos os seus atributos revelados na Bíblia, o amor de Deus não anula a justiça de Deus, a misericórdia não anula sua ira. Se você pensa assim, você nunca será capaz de entender a profundidade do sacrifício de Jesus Cristo e nem entender o poder do Evangelho de Jesus Cristo.

Eu creio plenamente que o homem só existe ainda sobre a face da terra devido ao grande amor e misericórdia de Deus, a misericórdia do Senhor é a causa de não sermos consumidos. Pense por um instante, quando você liga a TV e vê uma notícia terrível, de um crime injusto, um pedófilo, uma maldade contra um idoso… Você não sente ira? Acha que Deus também não sente? Claro que Ele sente, e no dia que Ele tirar sua misericórdia sobre os pecadores, todos verão o poder da sua ira, vemos isso claramente em Apocalipse 6:14-17, que fala sobre a Ira do cordeiro contra os homens incrédulos.

Como Deus pode justificar pecadores?

A Bíblia apresenta um grande dilema. Vimos que o homem é pecador e é alvo da ira de Deus, pois Deus não tolera o pecado. Existe uma categoria de pecados que a Bíblia chama de abominação diante de Deus.

Veja o que diz em Provérbios 17:15

“O que Justifica o perverso e o que condena o justo abomináveis são para o Senhor, tanto um como o outro.”

Imagine um juiz que deixa em liberdade criminosos, e condena justos. O que você pensaria desse juiz? Diria que ele é justo?

A Bíblia diz que Deus é o Juiz de toda a Terra. Veja o dilema: Nós somos os criminosos, Deus o juiz, como Ele pode nos libertar? Se diante Dele mesmo é abominação fazer isso? A Bíblia diz que o salário do pecado é a morte, também diz que a alma que pecar, essa morrerá. Como Deus então pode nos tornar justos?

Gênesis 18:25 diz:

“Longe de Ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio, longe de ti. Não fará justiça o Juiz de toda a terra?”

A Bíblia nos mostra que Deus não pode simplesmente perdoar os nossos pecados e nos tornar justos, pois Ele é o Juiz de Toda a terra, Ele é Justo e Santo e Ele não cometeria atos de injustiça deixando pecadores impunes. Ele não é como um juiz que deixa em liberdade criminosos, pois um juiz que age assim é um corrupto.

Então nos perguntamos, como Deus pode nos perdoar? Como Ele pode nos tornar justos? Como Ele pode deixar pecadores, criminosos que quebraram a Lei de Deus e ainda assim ser um Juiz Justo?

O Evangelho de Jesus Cristo – A solução para os pecadores

O Evangelho de Jesus Cristo é a única solução para os homens pecadores que estão debaixo do domínio do pecado. Eu falei anteriormente que as pessoas procuram dar justificativas para os erros das pessoas. Mas só existe uma justificativa verdadeira. Justificativa é algo que nos torna justos, como podemos ser completamente justos?

Vamos a mais uma leitura:

pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus,
sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus.
Deus o ofereceu como sacrifício para propiciação mediante a fé, pelo seu sangue, demonstrando a sua justiça. Em sua tolerância, havia deixado impunes os pecados anteriormente cometidos;
mas, no presente, demonstrou a sua justiça, a fim de ser justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.
Romanos 3:23-26

A única forma de sermos justificados é pela fé em Jesus Cristo. Pois Deus fez Jesus pecado por nós. Para que Deus continuasse sendo Justo, Ele mesmo se tornou pecado por nós na Pessoa do Filho, Jesus Cristo. Em Romanos 3:25 a Bíblia diz que Deus ofereceu Jesus como propiciação, uma palavra que muitas pessoas veem na Bíblia, mas não entendem a grande importância do seu significado.

Propiciar é aplacar a ira de Deus. Deus estava separado dos homens, e Jesus faz as pazes entre os homens e Deus, a Ira de Deus que devia ser derramada sobre nós, foi derramada em Jesus Cristo. Assim, Deus mostra a Sua justiça, pois Ele mesmo é justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus.

Os sacrifícios de animais feitos na velha aliança, como podemos ver no livro de Levíticos, não removiam pecados, somente cobriam os pecados por um período, mas os pecados ainda estavam ali, cobertos. Jesus Cristo é o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo, Ele não cobre os pecados somente, Ele remove os pecados.

Nenhum simples homem poderia pagar a dívida que tínhamos com Deus, mas essa dívida devia ser paga por um homem, pois foi através de um homem que essa dívida foi gerada, Adão sendo o pai de toda humanidade, deixou essa herança maldita do pecado. Assim, Jesus sendo Deus, esvazia-se da sua forma Divina e assume a nossa humanidade para nos reconciliar com Deus.

Qualquer homem pecador não poderia pagar essa dívida a Deus, somente o próprio Deus que poderia pagar essa dívida, pois era necessário que fosse alguém puro, sem pecado. E a Bíblia nos ensina que a Salvação vem do Senhor, então somente o próprio Senhor pode nos salvar.

E essa é a mensagem escandalosa do Evangelho, um Deus Santo que assume a forma humana e morre em nosso lugar e nos reconcilia com Ele mesmo, sendo Ele o Justo e Justificador.

Não há como não glorificar a Deus por tão grande amor! A Bíblia diz que agradou ao Senhor Deus moer Jesus em nosso lugar! Somente o Espírito Santo é capaz de nos fazer compreender tão grande ato de amor e justiça do nosso Deus.

A ressurreição de Jesus Cristo – Razão da nossa esperança

Sim, Jesus Cristo morreu em nosso lugar, pagou a nossa dívida com Deus e nos reconciliou. Mas Ele não permaneceu morto, Ele ressuscitou, Deus o ressuscitou da morte e o fez sentar no Trono de Davi. Salmos 24 fala do Rei da Glória que entra triunfante nos céus. Jesus subiu aos céus e Reina a destra de Deus.

E a esperança da igreja verdadeira do Senhor Jesus Cristo é esta, que assim como Jesus ressuscitou dos mortos e Reina, nós também seremos ressuscitados e reinaremos juntamente com Ele.

E você? O que precisa fazer diante da mensagem do Evangelho de Jesus Cristo?

A primeira coisa que você precisa fazer é reconhecer que você é aquilo que a Bíblia diz que você é. Assim, era Davi, um homem pecador, mas que diante da mensagem de Deus, ele se arrependia:

“Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Pequei contra ti somente, e fiz o que é mau perante os teus olhos, de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar.” Sl 51. 3-4

Qual é a sua reação diante do Evangelho de Jesus Cristo? Você acredita em si mesmo? Que você é capaz de enfrentar os problemas da vida? Que você tem coragem suficiente para enfrentar os vales da sombra da morte?

A Bíblia nos ensina nossa posição de pecador para que possamos nos arrepender e reconhecer a nossa insuficiência diante de Deus.

“Miserável homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?” Rm 7.24

Que pode te livrar da morte? Quem pode te dar a vida eterna? O poder de Deus para salvar o homem é o Evangelho de Jesus Cristo. Diante do Evangelho de Jesus Cristo só temos duas opções nos arrepender e crer nas promessas Dele, ou rejeitar a sua mensagem e sofrer as consequências disso.

Meu convite pra você é esse, Creia no Senhor Jesus Cristo de todo o seu coração, se arrependa e tu serás salvo!

Apenas um Filho e Deus e isso é Tudo que eu preciso!

Site Footer

Mapa do Site   Curso de Teologia