A Nutrição de Deus – Como Buscar O Alimento de Deus Para Nossas Vidas

 

 Jesus respondeu: “Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’”.

Mateus 4.4

A Palavra de Deus é nutrição para nossas vidas. Ela nos satisfaz espiritualmente e não há nenhum outro alimento capaz de nutrir nosso espírito. O Espírito Santo de Deus trabalha em nós para aumentar nossa fome da Palavra de Deus. E esse alimento nos dá condição de servir no Reino de Deus. O alimento não é somente para nossa alegria, mas para o serviço aos irmãos. Servir ao próximo.

Algumas pessoas comem para viver, outras vivem para comer. E nós ficamos felizes e damos graças a Deus pelo alimento físico. Afinal de contas quem não gosta de comer uma boa comida? Eu particularmente sou fã de churrasco e comida japonesa.

Precisamos todos os dias nos alegrar, ser gratos e glorificar a Deus pelo pão de cada dia.

Mas, nós sabemos que Deus nos dá muito mais. Ele nos dá o alimento espiritual. A nutrição que vem do alto para nossas vidas. E Jesus nos ensina isso… Como lemos no início: “Nem só de pão viverá o homem…

” Pensando sobre a Palavra de Deus como alimento, como nutrição para uma pessoa… Eu penso que isso significa alimentar e nutrir o interior desta pessoa.

Vamos conhecer quatro afirmações, quatro conceitos que são relacionados com a Palavra de Deus como Alimento.

#01 – O povo de Deus possui Vida

#02 – A Vida demanda nutrição

#03 – Nutrição Conduz ao Crescimento

#04 – E o Crescimento Glorifica a Deus

O povo de Deus possui vida, se você tem confiado em Jesus como seu Salvador então você tem vida. Vida Eterna. Mas ter vida eterna não significa que não vamos mais morrer aqui na Terra. Ou que vamos viver infinitamente aqui. De fato, toda a humanidade tem vida infinita e vai viver para sempre: Ou no Céu, isto é, na Nova Jerusalém ou no Inferno.

A vida eterna que a Bíblia nos ensina é a Vida de Deus. É a vida que procede de Deus e vai até a alma do homem. E todo o povo de Deus possui vida. E essa vida exige alimento, exige nutrição. Dentro do interior do homem e da mulher de Deus existe um apetite pela palavra de Deus.

Quando você é salvo, Deus te dá vida interior, e essa vida interior passa a ter fome por alimento espiritual. A Palavra de Deus é muito clara quanto a isso. A não ser que você tenha esse tipo de apetite dentro de você, pode ser que você não tenha nascido outra vez.

Vamos lembrar o que Jesus disse a um mestre importante da sua época chamado Nicodemos:

 Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus.
Ele veio a Jesus, à noite, e disse: “Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais miraculosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele”.
Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”.
Perguntou Nicodemos: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer! ”
Respondeu Jesus: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito.
O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito.
João 3:1-6

Na Bíblia nós descobrimos quais são os alimentos de Deus para nós. A Palavra de Deus é:

  • Comparada ao pão, em Mateus 4,4.
  • É leite como vemos em:

Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o leite espiritual puro, para que por meio dele cresçam para a salvação,
1 Pedro 2:2 

  • É alimento sólido: Como em 1 Coríntios 3 e Hebreus 5.
  • E como o mel como em:

Como são doces para o meu paladar as tuas palavras! Mais do que o mel para a minha boca! Salmos 119.103

E também em Salmos 19:10 vemos como a Palavra de Deus era preciosa para o Salmista:

As ordenanças do Senhor são verdadeiras, são todas elas justas.
São mais desejáveis do que o ouro, do que muito ouro puro; são mais doces do que o mel, do que as gotas do favo.
Salmos 19:9,10

E aqui é interessante lembrarmos a história de Sansão… Que estava indo para o território Filisteu encontrou um favo de mel dentro da carcaça de um leão que ele havia matado dias antes.

E ele teve que decidir: Obedecer a Palavra de Deus que o proibia de tocar em qualquer ser morto. (Pois ele era Nazireu consagrado ao Senhor e estava debaixo de um voto de não tocar em coisas mortas, não se casar com mulher estrangeira e não cortar o cabelo).

Para Sansão o mel foi mais doce do que a Palavra de Deus, diferente daquilo que lemos e aprendemos com o Salmo.

E naquele momento ele quebrou o voto de Nazireu e a ruína e queda de Sansão se inicia. Até o momento em que quebra o último ponto do voto e revela a Dalila sobre o seu cabelo.

Exemplos Bíblicos

Vemos na Bíblia pessoas expressando essa fome espiritual e mostrando a satisfação da sua fome com as Palavras de Deus.

Vemos isso na vida de Jó:

 Não me afastei dos mandamentos dos seus lábios; dei mais valor às palavras de sua boca, do que ao meu pão de cada dia. Jó 23.12

Interessante meditarmos rapidamente sobre o pão de cada dia. O pão de cada dia refere-se ao alimento necessário. Nada além disso. E se Deus nos conceder riqueza que nós possamos servir aos outros com nossas riquezas. Ajudar aqueles que não têm. E investir no crescimento de Deus. Somos chamados a fazer tudo para Glória de Deus.

E para nossa vida espiritual Deus nos garante: o pão, o leite, o alimento sólido e o mel.

Jeremias

Em Jeremias 15:16 vemos a fome que o profeta tinha da Palavra de Deus:

Quando as tuas palavras foram encontradas eu as comi; elas são a minha alegria e o meu júbilo, pois pertenço a ti, Senhor Deus dos Exércitos.
Jeremias 15:16

Ezequiel

Vemos o mesmo na vida do profeta Ezequiel, onde ele se alimentou da Palavra de Deus e depois disso pode falar à nação de Israel:

E ele me disse: “Filho do homem, coma este rolo; depois vá falar à nação de Israel”.
Eu abri a boca, e ele me deu o rolo para eu comer.
E acrescentou: “Filho do homem, coma este rolo que estou lhe dando e encha o seu estômago com ele”. Então eu o comi, e em minha boca era doce como mel.
Depois ele me disse: “Filho do homem, vá agora à nação de Israel e diga-lhe as minhas palavras.
Ezequiel 3:1-4

Então se nós queremos pregar a Palavra de Deus, queremos ensinar a Palavra de Deus para outras pessoas, temos que primeiramente nos alimentarmos da Palavra de Deus. E interessante que precisamos digerir a Palavra de Deus, precisamos nos alimentar dela até que ela seja digerida e nutra nosso sangue. Não é assim a alimentação do corpo? Assim também é alimentação espiritual.

Quando nos alimentamos, o processo digestório tira todo o nutriente e envia para a corrente sanguínea, sendo os nutrientes parte do sangue. Assim precisa ser nossa alimentação da Palavra de Deus, ela precisa fazer parte de nós.

Maria, irmã de Marta

Mais um exemplo de alguém que escolheu se alimentar da Palavra de Deus:

Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado, onde certa mulher chamada Marta o recebeu em sua casa.
Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo-lhe a palavra.
Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: “Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! ”
Respondeu o Senhor: “Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas;
todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada”.
Lucas 10:38-42

Interessante ressaltar que Marta não estava fazendo nada errado, não era errado se preocupar com os serviços domésticos. Mas o que aconteceu foi que as prioridades de Marta eram confusas, por isso Jesus disse Marta, Marta…

Apocalipse

Assim me aproximei do anjo e lhe pedi que me desse o livrinho. Ele me disse: “Pegue-o e coma-o! Ele será amargo em seu estômago, mas em sua boca será doce como mel”.
Peguei o livrinho da mão do anjo e o comi. Ele me pareceu doce como mel em minha boca; mas, ao comê-lo, senti que o meu estômago ficou amargo.
Então me foi dito: “É preciso que você profetize de novo acerca de muitos povos, nações, línguas e reis”.
Apocalipse 10:9-11

Quando lemos na bíblia sobre o pecado, sobre o julgamento de Deus, sobre a maldade do sistema mundial… Isso pode ser amargo em nosso interior. E sentimos o peso e o fardo desses ensinamentos.

Muitas vezes desejamos que a bíblia fosse somente o Salmos 23 que fala da providência de Deus, João 14 da promessa do céu feita por Jesus, Salmos 51 que nos ensina o perdão de Deus para o arrependido, Apocalipse 20 que fala da vitória final de Jesus e dos salvos em Cristo.

Cuidados para não se alimentar com desejos da carne

Mas a Bíblia também nos alerta para termos cuidado com os desejos da carne. Os desejos de pecar… Vemos isso muito evidente entre os judeus no velho Testamento. Eles simplesmente não conseguiam alimentar o espírito com a palavra de Deus e cediam aos desejos pecaminosos.

No livro de Êxodos vemos o povo se alimentando do Maná, um alimento enviado de Deus que era uma nutrição perfeita, mas no fundo do coração deles, eles sustentavam um desejo de voltar para o Egito e comer os alimentos egípcios.

O mesmo aconteceu em Números 11, onde o povo lamentava por não estar se alimentando com a comida do Egito. E reclamava de ter comer o maná de Deus. Você já imaginou isso? Reclamar de um alimento enviado diretamente de Deus?

E infelizmente muitas pessoas cristãs, dentro de nossas igrejas têm tido o mesmo comportamento. Elas simplesmente não têm fome da Palavra de Deus, mas só querem preencher suas mentes com novelas, entretenimento e programas inúteis… E sustentam desejo por se alimentar das coisas mundanas.

Nós precisamos buscar em Deus uma fome pela sua Palavra.  Se a nossa fome pelo alimento do Egito tem sido maior do que o Maná que Deus nos dá, precisamos da misericórdia de Deus.

Em Números 11, versículo 8, o povo de Israel começou a alterar o maná. E podemos dizer deixa-lo com uma aparência mais atrativa. E não é exatamente isso que temos visto em alguns lugares? Um maná alterado? A Palavra de Deus sendo pregada de forma errada? Um monte de coisas sendo feitas para atrair pessoas para se divertir nas igrejas?

O maná alterado pode até parecer a Palavra de Deus pura e genuína, mas não é!

Deus quer nos alimentar da pura Palavra de Deus. Nossa fome espiritual deve nos conduzir até a igreja para nos alimentarmos em comunhão com os irmãos.

Temos que no dia a dia pedir ao Espírito Santo que gere em nós fome de Palavra de Deus, meditar na Palavra de Deus, nos nutrir da Palavra de Deus.  E estar prontos para servir a Deus.

E não nos esqueçamos: Se Somos o povo de Deus e temos a Vida Eterna, A vida exige nutrição. A nutrição gera crescimento, e o crescimento glorifica a Deus.

Apenas um Filho e Deus e isso é Tudo que eu preciso!

Site Footer

Mapa do Site   Curso de Teologia